Imagem
Iveth - O Corredor da morte

Iveth - O Corredor da morte



2x Refrão:

Sem muitas opções
Ele só pretende somar alguns cifrões
Sacear ambições
Mas o corredor da morte é feito de ilusões


Parte I

Uma infância com percalços
Nem sempre a vida te sorriu, foram duros teus passos
Sem pai ou mãe, uma vida madrasta
Este é o “modus vivendi” que desde cedo te cadastra
Menino inquieto, já há muito sem norte
Sem dúvida a escola nunca foi o seu forte

Ambição desmedida, atitude imediatista
Habilidade no crime, uma vida de artista
Começou pela carteira da avó à sacola do amigo
Ele saqueava até a esmola do mendigo

Marginalizado, cedo no gangsterismo
Já as bocas diziam que segue rumo ao abismo
Adolescência problemática
Somava roubos e agressões , esta sempre foi a sua matemática

Já o chamaram delinquente por tendência
Porque a vida fácil é sua ciência
...vida fácil é sua ciência, É sua ciência
Sua ciência; Ciência....


2x Refrão:

Sem muitas opções
Ele só pretende somar alguns cifrões
Sacear ambições
Mas o corredor da morte é feito de ilusões

Parte II


Ele já bem disse, Deus para ele é tolic
e Não acreditava nele mesmo se um dia o visse
Desde novo carregou consigo uma triste história
E hoje querem louvores e glórias?

Preenche o seu curriculum com sangue e cicatrizes
temido na cidade, adorado por meritrizes
Mediatizado...coração maquiavélico
Quando é hora do crime, o background é bélico!

Já fez assaltos bancários, saques aos empresários
Em momentos fúneberes até em aniversários
Balas perdidas já levaram colegas de batalha
E para se escapulir já fez uso da navalha

Ganancioso, vida fácil, vida á lorde
Dizem que a justiça será feita mas “cão que ladra não morde”
Cidadão comum há uma saída...acorde!!!
s O crime é uma saída acorde...
Há uma saída acorde,
Acorde
Acorde


2x Refrão:

Sem muitas opções
Ele só pretende somar alguns cifrões
Sacear ambições
Mas o corredor da morte é feito de ilusões

Parte III


Cadastrado, malfalado, revoltado, encarcerado
Um background recheado...autor do crime consumado
Reincidente, inconsequente sempre de volta ao calabouço
“o bom menino volta a casa” e este não faz muito esforço

Bem recebido e conduzido a saudosa cela VIP
Celular, tv, escuta Ja Rule e Q-Tip
Um criminoso de contactos...logo já em liberdade
Quem o tirou? Não há espaço aqui para a verdade

De novo pelas ruas com um sorriso rude e franco
Desta vez o crime é mesmo do colarinho branco
Gente grande envolvida, alvo identificado
Pelas ruas da cidade cardoso foi baleado

Mais uma boca calada e estratégia para espalhar temor
Uns brindam, outros em momentos de consternação e dor
Mais uma vez preso e ditada a sentença
Perante o corredor da morte...será que o crime compensa?
Perante o corredor da morte, será que o crime compensa?
Será que o crime compensa?
Será que o crime compensa?


2x Refrão:

Sem muitas opções
Ele só pretende somar alguns cifrões
Sacear ambições
Mas o corredor da morte é feito de ilusões


_____________________
Composição: Iveth
Artista: Iveth
Título:O corredor da morte
Album: O convite (2010)
Produção: 7 Cruzes


________________________________________

Download mp3