Imagem

Cláudio Ismael - matar o cupido


Parte I

Reconheço que ainda tenho muitos amores
Fui culpado por causar dissabores
Entre eles e elas
Pelas ruas e favelas

Mas o cupido me acertou
Sem hesitar ele semeou
Muito amor no meu peito
Foi tão bom eu aceito

Mas não pude evitar
A falta de empatia
E tudo que eu dizia
Era igual a nada

E vezes sem conta
Acreditei em minha vez
Mas eu só me maguei
me maguei

Agora cadê o cupido?

Coro

Cadê o cupido com uma arma na mão
Matar o cupido
papão
Deixar em paz meu coração
Vou-te acabar contudo com uma arma na mão
Matar o cupido
papão
Deixar em paz meu coração

Parte II

Eu era um perigo nas ruas
O dono da lua
Arrancava corações

Sem dó nem piedade
Mentir era arte

Aí você apareceu
Como um feitiço
Me tornei menino
Acreditei nisso

E mais que uma vez

Eu me maguei
Tudo suportei
Não nego que errei

Mas só desilusões
Uma ou duas paixões
Que acabaram ali
Não nego que menti também

Mas sempre fui fiel
Mas nunca ninguém deu valor

Só precisava de um amor
Um amor
Agora cadê o cupido?

Coro

Cadê o cupido com uma arma na mão
Matar o cupido
papão
Deixar em paz meu coração
Vou-te acabar contudo com uma arma na mão
Matar o cupido
papão
Deixar em paz meu coração

Parte III

Ficar só não é problema
Ter alguem não é solução
Mais que desejo é amor
é atenção
E foi assim
O cupido deu cabo de mim

E me deixou sem forças pra lutar
Infelizmente eu provei
Do meu próprio veneno
Eu não vou negar que agora também eu sinto medo
De me entregar pra alguém
Pois eu só tenho a arma na mão

Coro

Cadê o cupido com uma arma na mão
Matar o cupido
papão
Deixar em paz meu coração
Vou-te acabar contudo com uma arma na mão
Matar o cupido
papão
Deixar em paz meu coração

Não quero mais sofrer
Não quero mais sofrer
Sera que ele não me acerta bem?
Sera que ele não me acerta bem?
Não quero mais sofrer
Não quero mais sofrer
Sera que ele não me acerta bem? será será



Download mp3