Piruka

Home

-

Piruka

Image

Piruka

125

Share on:

           

Piruka - Chora Agora lyrics

Nós tamos numa era onde a ira te consome
Quem vem de baixo, acredita que tem fome
Que eu sinto-me iluminado mas nunca esquecido
Que sem uma carcaça só comia o microfone
Que também vim do nada, do nada fiz o meu nome
Com a minha velha pragada na estrada desde chavalo
Eu a sonhar com palcos, a galopar no alto e o meu cota
Na merda com ressacas de cavalo
E hoje dizem-me a mim, eu quero o piruka lá do quatro cantos
Meu tropa nessa altura era eu e quatro manos
Hoje em dia tou a viver o sonho americano
Que eu sempre dei o corpo á bala sem fugir do cano

Artista sem planeamento, tracei o meu plano
E eu nunca dei pra escola, a vida é professora
Sempre a faltar ao treino e o melhor em campo
Porque no jogo da vida a minha mãe é treinadora
Por vezes tu queres uma mão e não há quem a estenda
Guardas esse sentimento todo numa estante
Hoje em dia o rap já me paga a renda
Muito diz que sou uma lenda e não presto para outros tantos
A minha casa era uma tenda, quero um milhão no banco
Nunca foi ostentação, ninguém me diga para
Vou ser cara podre, vou falar pra quem me ouve
Paro, quando meter 500 mil no nome da clara

Então tu chora agora
Disse tanto a clara e ela tá a viver
Então tu chora agora
Diziam ser tarde e tou a prever que tá mais que na hora
E… Tá mais que na hora
Não há tempo a perder porque a vida é uma volta
Eu fiz do meu sonho uma realidade então tu chora agora
Disse tanto a clara e ela tá a viver
Então tu chora agora
Diziam ser tarde e tou a prever que tá mais que na hora
E… Tá mais que na hora
Não há tempo a perder porque a vida é uma volta
Eu fiz do meu sonho uma realidade então tu chora agora
Então tu chora agora
E é claro que o meu foco na minha vida é a menina
Que eu fui bem ensinado sou um homem de família
Para quem falava de eu falar da minha filha
Agora vêm a nós uma dupla platina
Daqui a 4 ou 5 passo para a casa dos 30
Ya a uns 4 ou 5 nem metade do nome tinha

Quando fiz 21 queriam me dar conselhos
Então dou graças a Deus não ir passa-la com a marmita
Porque em miúdo chamavam-me um parasita
Mas eu não parei na vida, construí um paraíso
Sem futuro com pena da minha rotina
Mas foi a minha rotina que me deu o que era preciso
Diziam “oh mar é mia” o puto vai acabar morto
Não é pelo que vi, que venho aqui dar pra vivo
Tive no bairro parado á espera da morte
Mas não conto com a sorte, conto conselho assertivo
Que eu só conto comigo
Antes contava tiras, agora conto concertos e
Se algum dia andei perdido foi a ver
Se me encontrava porque me encontrava certo
Os rappers de hoje em dia têm dialeto próprio
E pra ser honesto até acho um bocado cómico
Muito quando escreve o pirukinha é o primeiro tópico
E quanto é que pensou motherfucker mais que lógico

Então tu chora agora
Disse tanto a clara e ela tá a viver
Então tu chora agora
Diziam ser tarde e tou a prever que tá mais que na hora
E… Tá mais que na hora
Não há tempo a perder porque a vida é uma volta
Eu fiz do meu sonho uma realidade então tu chora agora
Disse tanto a clara e ela tá a viver
Então tu chora agora
Diziam ser tarde e tou a prever que tá mais que na hora
E… Tá mais que na hora
Não há tempo a perder porque a vida é uma volta
Eu fiz do meu sonho uma realidade então tu chora agora
Então tu chora agora

Video



Ads


Ads

LetrasMz

We are the best Mozambican website song lyrics site since 2014.

Mozambique, Maputo

info@letrasmz.com

letras.de.musicas.mz@gmail.com

© LetrasMz. All Rights Reserved.