Saulo de Tarso

Saulo de Tarso - Munhava ft JL Chris

Views 14


I

Bem-vindo ao nosso bairro este bocado do mundo,

Onde os homens são de aço e aspiram algo mais fundo,

Que um salário mensal e umas boas estruturas,

Um punhado de sal e uma vasilha de sura.

 

Um ventre que deu luz muitos homens de cultura,

Que carregaram a cruz da sua vida nessas ruas,

Buscaram o necessário para matar a sua sede,

E fome num cenário onde a exigência excede.

 

O numerário básico que resta nalgum bolso,

O berço não é estático assim revela o rosto,

Mesmo na carestia o orgulho é sempre ileso,

A estima é a bateria que permite estarmos em peso.

 

Aqui foge bem leso quem não nutre o pensamento,

Com as sementes do bem que nos leva ao crescimento,

Nós somos pela vida, somos pela nossa casa

Casa em que habitamos, sê bem-vindo a Munhava.

 

Refrão (Jaime Natal – JL Chris)

 

Welcome to the place that is well known,

Nowhere is safe but you can explore,

This is the paradise,

We have plenty of life.

 

II

Sê bem-vindo a este bairro, este pedaço da Beira

Que a todos interpela em assuntos que interessam,

Uma nação inteira pelo grito que liberta,

Quando a injustiça impera na cadeira que governa.

 

Aqui também há medo por causa dos que governam,

Nas horas em que o sol se hiberna na sua caverna,

Nas horas em que expira a vergonha em algumas faces,

Sentimos o suspiro dos que são transfigurados.

 

Os manos sempre lutam e as manas sempre sonham,

Com algo se ocupam e o estudo entra na soma,

Por mais que a realidade pareça alguma coisa,

A fé sempre desponta como uma luz na aurora.

 

Quem chora sabe bem que o vizinho é um consolo,

Muitas vezes sem concuibus oferece o seu colo,

Bem-vindo a este bairro onde Deus sempre passeia,

Connosco no oculto entre as nossas veredas.

 

Refrão (2x)